Tardes de Engenharia na OE Madeira

Dia 14 de Junho teve lugar nova sessão das Tardes de Engenharia da Ordem dos Engenheiros – Região da Madeira sob o tema “A Iluminação LED e os Impactos Fotobiológicos nos Humanos/Human Centric Lighting – O Novo Paradigma”.

 

Desde a década de 90 do século XX, que sem darmos conta, a tecnologia LED foi progressivamente invadindo as nossas vidas, prometendo mais eficiência, menores custos, soluções mais amigas do ambiente, entre outras promessas.

Hoje, porém, com a massificação da sua utilização, na televisão, nos computadores, nos telemóveis e na iluminação, associações profissionais, ambientalistas, astrónomos, médicos, fotógrafos, cidadãos anónimos, políticos, investigadores, entre outros, vêm nos dizer que a tecnologia LED é potencialmente prejudicial para a saúde humana devido à componente azul muito pronunciada no seu espectro. E que o excesso de iluminação que existe é também perturbador dos ecossistemas, da fauna da flora. Em suma, que a exposição quase permanente a que estamos sujeitos, pode ser nociva para saúde, provocando, entre outros males, a degeneração macular, um dos riscos associados à radiação ótica, conhecidos como riscos/impactos fotobiológicos.

Outro dos temas a abordados nesta tarde de iluminação, e o que muitos dizem ser o novo paradigma da iluminação, é o conceito Human Centric Lighting, ou seja a iluminação centrada no homem.

A sessão “A Iluminação LED e os Impactos Fotobiológicos nos Humanos” teve como objectivo apontar mitos, meias verdades e verdades associados a estas temáticas.

 

Sintra, 15 de Junho de 2018