Clínica CUF Sintra – Iluminação a pensar no bem-estar e saúde

 

O grupo de saúde CUF é reconhecido pelo seu empenho no tratamento de
doentes com a máxima qualidade e confiança. Como tal, no projeto da sua mais recente clínica, a CUF Sintra, a iluminação teria que garantir o máximo conforto dos pacientes, bem como dos funcionários. Apesar de funcionar em regime de ambulatório, a clínica tem um horário de atendimento alargado, um fator relevante no estudo luminotécnico do espaço. A harmonia entre luz natural e luz artificial é essencial, o rendimento e a eficiência energética devem ser garantidos, nunca esquecendo a segurança e o desempenho profissional com exigências diferentes consoante o espaço.

 

cuf1

 

Para a zona de entrada e de circulação deste projeto da auditoria da Arq. Maria Cristina Branco (CUF) em colaboração com o gabinete de engenharia OMF, e com instalação feita pela Novo Interior, foram escolhidos os downlights Cree CR150 650L e 1000L graças à sua excelente distribuição lumínica, com um controlo de luz eficaz e aumento da perceção do espaço. Estes downlights de encastrar, com 9,5W e 14W, 3000K e uma vida útil de 50.000 horas, são resistentes e têm uma excelente dissipação do calor. Com tecnologia TrueWhite da CREE que se traduz num IRC superior a 90 garantindo uma excelente reprodução cromática, uma grande durabilidade da cor e ainda uma ótima uniformidade da iluminação, todos fatores importantes para o máximo desempenho dos profissionais de saúde, e para o conforto visual geral.

A iluminação do balcão de receção ficou a cargo da Aura Celtis, uma elegante linha de luz, com difusor opalino para uma iluminação homogénea e suave, equipada com lâmpadas Aura T5 Eco Saver Long Life de 25W e uma vida útil de 58.000 horas, garantindo uma boa iluminação para as diversas funções na recepção ao mesmo tempo que cria um ambiente harmonioso. Seguindo este conceito de linhas de luz, nas zonas de circulação foi utilizada a luminária Aura Andro, em sancas, com lâmpadas Aura T5 Eco Saver Long Life de 19W e vida útil de 58.000 horas. Para além do carácter decorativo destas linhas, a otimização da orientação nestes locais é essencial, bem como a fácil identificação de obstáculos e pessoas. Em ambos os casos foi escolhida uma temperatura de luz neutra, 4000K. Já nas áreas técnicas e de arrumos era necessária uma solução resistente e versátil. A Aura Juncus, luminária estanque com IP65 e equipada com duas lâmpadas T5 de 24W, apresentou-se como ideal graças à sua elevada resistência a ambientes quentes, químicos, raios UV e impacto, bem como à sua fácil instalação e manutenção.

Também a iluminação de emergência é crucial neste tipo de edifício, devendo sempre ser escolhidos equipamentos de elevada qualidade para uma iluminação subtil e sem encandeamento. Assim, optou-se pela luminária de montagem saliente Lisu LED para a iluminação de emergência geral, e pela Nova LED saliente para as zonas de arrumos e áreas técnicas, ambas da Daisalux. Estas são luminárias de emergência autónomas com uma matriz de LED como fonte de luz que acende se falhar o fornecimento de rede, nunca comprometendo a segurança.

Carregue nos ícones para ver mais fotografias: