Edifício Vodafone – De T8 para LED – fácil com a Aura Light

 

Constituído por diferentes espaços como escritórios, loja, auditórios e restaurante, o Edifício da Sede Vodafone, no Parque das Nações, da autoria dos Arquitectos Alexandre Burmester e José Carlos Gonçalves, faz parte do panorama lisboeta desde Outubro de 2002. Este edifício é reconhecido pelo seu impacto arquitectural nesta recente zona da cidade de Lisboa, devido à sua dimensão e inovação arquitectónica, e também pelos desafios tecnológicos e soluções que representa, tendo sido distinguido com diversos prémios incluindo o Prémio Valmor.

 

vodafone_333-Fernando Guerra-FG+SG

 Fernando Guerra / FG+SG

 

Este imponente e moderno edifício tem um horário de funcionamento alargado, o que significa elevados custos operacionais. A zona de estacionamento subterrâneo que funciona 24horas, sete dias por semana é um dos elementos de grandes custos energéticos pelo que a empresa decidiu renovar o sistema de iluminação existente.

Para tal foram realizados vários testes com diferentes soluções de diversos fornecedores, tendo como base as luminárias estanques já existentes anteriormente equipadas com T8 e balastros electrónicos. A propósito do lançamento da Aura EasyT8 Long Life, a Aura Light foi contactada no sentido de apresentar uma solução de eficiência energética e elevado rendimento para este projecto. Esta fonte de luz LED retrofit T8 inovadora era claramente a solução ideal uma vez que foi desenvolvida para economizar energia em instalações de luminárias já existentes substituindo lâmpadas fluorescentes T8.

No seguimento da estratégia de eficiência energética que a Vodafone Portugal tem vindo a implementar ao longo dos últimos anos, foi realizado um estudo luminotécnico aos pisos de estacionamento edifício Sede, com o objectivo de se identificarem soluções de iluminação de elevada eficiência energética. Como resultado do estudo serão instaladas lâmpadas tubulares em LED da Aura Light, as quais são mais sustentáveis, quer na vertente ambiental quer na vertente económica, designadamente ao nível da redução de emissões de CO2, por via da redução dos consumos de energia, bem como redução de custos de manutenção, por via de possuírem um maior ciclo de vida.

tabela_vodafone

Estes factores aliados a uma elevada qualidade de luz e aos seus adaptadores rotativos que tornam possível a orientação fotométrica após a instalação, permitiram garantir os melhores resultados e um óptimo payback.

 

Carregue nos ícones para ver mais fotografias: